Olha quem está falando, quer dizer, voltando. =D

20 de outubro de 2007

Borat no Autódromo de Interlagos e na Avenida Paulista

Imagine você, querido transeunte da avenida Paulista, enquanto você está com pressa, pensando nas contas que tem que pagar, aparece um sujeito vestido com uma micro sunga, querendo te vender algo. Isso parece estranho, não é mesmo?

Essa é mais uma tática de guerrilha, dessa vez criada pela Salem Guerrilha.

Para promover o lançemento em DVD do excelente/sarcástico/melhorfilmedomundo "BORAT - O segundo melhor repórter do glorioso Cazaquistão viaja à América" (Fox Home Entertainment), um sósia do Borat tentará entrar no autódromo (21/10) para vender seu filme para os espectadores.
Já na sexta, dia 26, ele estará na Avenida Paulista abordando os transeuntes com a pergunta "Quem deve vestir a sunga do Borat e deixar de ser besta?". Eles também terão à mão máscaras de personalidades como Osama Bin Laden, George W. Bush e Hugo Chávez.

"Queremos gerar um boca-a-boca com a tentativa dele entrar no autódromo. A ação é simples. A reação das pessoas é que será o interessante", aponta Daniel Sollero, gerente de guerrilha da agência responsável pela criação da ação de divulgação.



Borat - O segundo melhor repórter do glorioso Cazaquistão viaja à América
O filme que estreiou nos cinemas nacionais no dia 30 de Novembro de 2006 agora estará disponível em em DVD. O DVD chega às lojas na quarta-feira, 24.

Sinopse
Borat, o escandaloso repórter fictício da Televisão do Cazaquistão de Sacha Baron Cohen, é enviado aos Estados Unidos da América para fazer um documentário sobre o maior País do mundo. Na cidade de Nova Iorque, na companhia da sua primitiva equipa de reportagem, Borat está mais interessado em encontrar a "boa" da actriz Pamela Anderson para a pedir em casamento, do que outra coisa…









0 opiniões:

Postar um comentário

O seu comentário é muito importante. Diga para todos o que você pensa! Ou melhor escreva.
Eu agradeço o comentário, se você não me xingou (e nenhuma outra pessoa de minha família), é claro.

Volte sempre!