Olha quem está falando, quer dizer, voltando. =D

14 de julho de 2007

Lula e a abertura do Pan

O Presidente do COB anunciou a abertura dos Jogos Pan Americanos RIO-2007, por quê?Aonde estava o representante da nação nesse momento de glória?
No Jornal da Globo, de ontem, foi mostrado que o excelentíssimo Presidente da República estava aborrecido e que o microfone no qual se pronunciaria, 'sumiu' sem ninguém ver... sorte que Nuzman disse: "Boa sorte Brasil" - Espero que seja em todos os sentidos.


Foto búnita para não falarem que estou manipulando informação


Veja mais informações sobre o caso:

- Lula não abre Pan por "desencontro de informações" - A Tarde Online
- Após confusão, Lula fica sem fazer anúncio da abertura - Terra (Esportes)
- Pan é aberto com vaias a Lula e homenagem a atletas (G1 - Globo)
- Desistência de Lula rouba a festa (Globo Esporte)
- Vaiado, Lula não declara aberto o Pan (Globo Esporte)
- Lula deixa o Maracanã sem comentar vaias (Globo Esporte)
- Lula fica constrangido com as vaias (Globo Esporte)

"Lula foi vaiado ao menos quatro vezes e não discursou, como estava previsto. Para evitar constrangimento, o cerimonial resolveu poupar o presidente, e a frase “Boa sorte, Brasil”, que seria dita por Lula, foi pronunciada pelo presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Nuzman.
Foi a primeira vez que um chefe de Estado não discursou durante a abertura de um Pan-Americano. Ao fim da cerimônia, Lula saiu do Maracanã sem falar." (G1 - Globo)

2 opiniões:

marketrix disse...

Eu achei um absurdo todas as vaias.
Cada um tem direito de ter a sua opinião e de expressá-la, mas fazer isso na abertura de um evento internacional é um desrespeito ao país.
A foto tá é 'búnita' mesmo haha
Abraços,
Luciana

Ad Me disse...

Desculpa descordar Lu. Acho que mereceu sim. Depois de tudo que tá acontecendo neste país, o presidente tem que saber que o povo não está satisfeito.

Postar um comentário

O seu comentário é muito importante. Diga para todos o que você pensa! Ou melhor escreva.
Eu agradeço o comentário, se você não me xingou (e nenhuma outra pessoa de minha família), é claro.

Volte sempre!