Olha quem está falando, quer dizer, voltando. =D

29 de março de 2007

Os pensamentos de 1984

Eric Arthur Blair, mais conhecido como George Orwell escreveu o livro "1984", onde pela primeira vez o "Big Brother" foi citado. Mal sabia ele que 51 anos mais tarde, um executivo holandês chamado John de Mol, usaria o enredo de seu livro para produzir um programa de televisão, chamado de Big Brother.
O sucesso foi tanto que essa praga, digo esse programa chegou ao Brasil 3 anos depois, conquistando milhares de telespectadores. Para muitos, sair do anonimato e não ter privacidade durante todo o dia virou um sonho.
Hoje o programa é realizado em mais de 40 países, e aqui já está em sua 7º edição que em breve terminará com a vitória* do Diego (Alemão).

O que isso tem a ver com comunicação ou com propaganda?
O Big Brother é uma máquina de dinheiro, onde os anunciantes não são vistos como anunciantes e sim como parte do programa. Por exemplo, aquela prova onde o prêmio era o novo Palio... puta merda, aquilo virou um supercomercial com direito até a slow-motion e close nos novos detalhes do carro. Quanto custou esse anúncio? Não se sabe, mas valeu cada centavo investido, ainda mais porquê uma celebridade dirigiu esse carro em rede nacional.
Os faturamento do BBB cresceu 30% com relação ao ano passado, ou seja, mesmo com essa fórmula desgastada, vale a pena investir, pois todo mundo assiste e comenta, utilizando o nosso tão funcional 'boca-a-boca'.

* Passando hoje por uma banca de jornais, vi em uma revista que videntes garantem a vitória de Diego... agora, faça-me um favor, não precisa ser vidente para saber que o Alemão já ganhou essa edição do BBB...e ainda sai na capa da revista..."senhor, lembrai também das revistas sem conteúdo, que elas deixem de lado a fofoca e o sensacionalismo..."

0 opiniões:

Postar um comentário

O seu comentário é muito importante. Diga para todos o que você pensa! Ou melhor escreva.
Eu agradeço o comentário, se você não me xingou (e nenhuma outra pessoa de minha família), é claro.

Volte sempre!